SaibaMais-AIH-DiariasUTI

Autorização de Internação Hospitalar – AIH

A AIH é o instrumento de registro utilizado por todos os gestores e prestadores de serviços do SUS e apresenta como característica a proposta de pagamento por valores fixos dos procedimentos médico-hospitalares onde estão inseridos os materiais que devem ser utilizados, os procedimentos que são realizados, os profissionais de saúde envolvidos e estrutura de hotelaria.

As unidades hospitalares participantes do SUS (públicas ou particulares conveniadas) enviam as informações das internações efetuadas através da AIH – Autorização de Internação Hospitalar, para os gestores municipais ou estaduais. Estas informações são processadas no DATASUS, gerando os créditos referentes aos serviços prestados e formando uma valiosa Base de Dados, contendo dados de grande parte das internações hospitalares realizadas no Brasil.

Caracterização das UTI:

UTI TIPO II – São as Unidades de tratamento Intensivo, credenciadas em conformidade com normas do Ministério da Saúde onde constam os critérios minimamente aceitáveis para atendimento a pacientes graves.

UTI TIPO III – Devem atender aos mesmos critérios das UTI tipo II, uma vez que são critérios mínimos, no entanto são qualificadas, incluindo alguns recursos tecnológicos e humanos, como por exemplo, a ampliação do número de exames no hospital e maior número de equipamentos por paciente ou grupo de paciente, enfermeiro e fisioterapeuta exclusivo.

 SIH – Sistema de Informações Hospitalares

A finalidade do SIH é registrar todos os atendimentos provenientes de internações hospitalares que foram financiadas pelo SUS, e a partir deste processamento, gerar relatórios para que os gestores possam fazer os pagamentos dos estabelecimentos de saúde.

Fonte: adaptado de Ministério da Saúde. DATASUS e DRAC. [Internet]. s.d. Disponível em http://datasus.saude.gov.br/sistemas-e-aplicativos/hospitalares/sihsus e Portaria GM/MS nº 1884/1994.